Como reduzir os problemas durante a consolidação de servidores

Os executivos relatam como tentam minimizar os problemas inevitáveis nos projetos, por meio de planejamento e análises

Computerworld US
Publicada em 15 de julho de 2010 às 08h00

Mesmo os profissionais de TI mais experientes cometem erros durante projetos complexos de consolidação de servidores. E o diretor de tecnologia da informação da GetMyHomesValue.com ? empresa norte-americana que presta serviços de marketing e análise para o setor imobiliário ?, Joe Latrell, relata que descobriu isso na prática.

De forma geral, as iniciativas para virtualização são fáceis de justificar, tanto do ponto de vista financeiro como operacional, mas não representam algo simples de executar. Armadilhas, como um plano inadequado, suposições equivocadas ou falha para rapidamente detectar problemas na entrega, podem arruinar os projetos e o trabalho das equipes envolvidas nele.

Evitar desastres enquanto implementa um projeto complicado de consolidação, no prazo e no orçamento previstos, não é fácil. Na realidade, Latrell acredita que cometer pelo menos alguns equívocos ao longo do caminho é inevitável. ?Algo dará errado, esteja preparado?, alerta o diretor, que completa: ?Por outro lado, planejar e aprender com os outros ajudará a permanecer um pouco mais longe de erros óbvios e aqueles de grandes proporções.? 

Mesmo que o mais cuidadoso planejamento não possa eliminar comp

letamente os problemas no projeto, construir um desenho detalhado e ter uma estratégia clara ajudará a minimizar um bom número de tropeços. ?Planejar é realmente a chave para consolidação de servidores?, afirma o especialista em TI da consultoria KDSA Consulting, Justin Gallagher.

Um planejamento detalhado permite criar um ?road map?(roteiro) que ajudará os gestores a conseguir o conhecimento necessário para suprir os grandes problemas. ?Eu penso que as pessoas não têm gasto muito tempo pensando sobre os desafios existentes no ambiente e como isso vai se comportar durante a migração para um ambiente virtual, bem como quanto isso custa em termos de estrutura, despesas recorrentes e disponibilidade?, explica Jeff Nessen, gerente da prática de consolidação de TI da integradora de sistemas Logicalis.

Gallagher diz que o plano de consolidação precisa também endereçar as necessidades futuras da organização. ?Pense no que pode acontecer em um, três e cinco anos?, sugere o especialista. Ele analisa que servidores, software e outros sistemas precisam ser planejados para antecipar o crescimento futuro.

?Temos nos deparado com empresas que não alocaram espaço de armazenamento de dados suficiente ou não previram corretamente o poder de processamento dos servidores durante a consolidação?, conta Jason Cooper, analista da consultoria em TI C/D/H. Ele informa ainda que é bastante comum deparar-se com casos em que o CIO e sua equipe superestimaram os benefícios da transição do ambiente físico para o virtual.

zp8497586rq
%d blogueiros gostam disto: