Golpe de phishing usa epidemia de ebola para infectar seu PC com vírus.

Assim como todas as notícias de alcance mundial, a epidemia de ebola, que assola a África, se tornou material usado por cibercriminosos para disseminar phishing pela internet. A Symantec, fabricante do famoso Norton, identificou pelo menos quatro golpes distintos que usam o tema para infectar PCs.

Um dos golpes é uma campanha de phishing que se dissemina através de um e-mail que afirma ser do site do canal de TV CNN. O texto informa que o vírus estaria sendo traficado para diversos países do mundo por terroristas e inclui um link para o que seriam formas de se proteger do ebola.

Ao clicar nesse link, o usuário é redirecionado a um site onde deve selecionar seu provedor de e-mail e inserir suas credenciais. Após isso, ele é redirecionado à página verdadeira da CNN na Internet.

Phishing é um tipo de golpe eletrônico cujo objetivo é o furto de dados pessoais, tais como endereço e senha de e-mails, logins de redes sociais, número de CPF e dados bancários. Fique atento aos spams.

Notícias falsas sobre o Zmapp

Os outros três golpes são campanhas de malware (vírus), que enviam e-mails falsos com informações sobre o ebola, além de “relatórios e notícias atualizadas” sobre o Zmapp, droga experimental usada no tratamento. Estas informações estão supostamente contidas em arquivos anexados falsos, que na verdade são usados para instalar trojans diferentes nos dispositivos dos usuários.

Após a infecção, os malwares passam a registrar toques do teclado, fazer gravações não autorizadas com a webcam, abrir e apagar arquivos e pastas, além de coletar informações sobre o uso do computador e o sistema operacional.

A Symantec, que descobriu e alertou para o perigo dos falsos e-mails, aconselha que os usuários evitem abrir e-mails suspeitos, principalmente em inglês (versão mais popular do golpe) e mantenham seus softwares de proteção atualizados.

Via: Tech Tudo

%d blogueiros gostam disto: