Tecnologia fecha última locadora de filmes de Curitiba. Como se antecipar as tendências?

Estava escrito, ou as locadoras se reinventavam ou iriam acabar. Para a vídeo locadora Cartoon, após 33 anos alugando e vendendo filmes, esse dia chegou, e ela fecha suas portas. Mais uma que a tecnologia não poupou. A evolução tecnológica é uma conquista, e conforme evolui, vai definindo o mercado. Como salvar seu negócio da avalanche tecnológica que chega sem pedir licença?

Voltando no tempo das locadoras

Febre no Estados Unidos, a locadora Blockbuster já fazia sucesso, e muitos queriam uma fatia deste mercado. No Brasil começaram a pipocar várias locadoras de filmes. Eram tantas, que parecia nem ter público para tudo isso, mas tinha. Em Curitiba, as maiores eram Vídeo 1, Cartoon e Blockbuster.

As menores foram fechando aos poucos, das grandes, a Blockbuster foi a primeira a ir acabando com suas lojas no Brasil. Era uma loja top de linha, mas com um sistema de cobrança de multas que irritava o cliente, e inclusive resultou na abertura na Netflix, mas isso vamos falar já já.

Como funcionava uma locadora de filmes

O que vou falar aqui, para muitos é déjà-vu e para outros mais novos é um: ” como assim sair de casa alugar um filme?” Pois era assim que funcionava.

Você saía de casa, ia até a locadora, levava comprovante de residência e docs. e fazia um cadastro onde você e alguém autorizado poderiam alugar filmes. Cadastro aprovado, você corria disputar os lançamentos com outros clientes, enfrentava uma fila para pagar, assistia o filme e voltava devolver na locadora.

Para desespero de muitos esquecidos, era cobrada multa de quem não entregava no prazo. Era possível alugar vários de uma vez para ter mais prazo, e aí vinha a maratona de filmes para conseguir ver tudo. Hoje parece absurdo, mas acredite, era um ritual divertido. Fazia a gente sair de casa, reunir a família para aproveitar a locação. Um bom programa para o final de semana!


A Pirataria foi matando as locadoras

Um vilão que deixa destruição por onde passa é a pirataria. Isto está presente em muitos segmentos mas na locadora de filmes tinha um peso grande. As pessoas compravam DVDs piratas em qualquer esquina, além de também baixar os filmes pela internet. Por isso, não compre produto pirata! Ok, sabemos que as locadoras iam acabar por conta da tecnologia mas a pirataria contribuiu. Faça sua parte, não contribua com a pirataria.

Qual foi a trajetória dos eletrônicos e da tecnologia?

A febre das locadoras começaram no final dos anos 80 e início dos 90. Os filmes começaram em VHS onde você assistia em um aparelho de vídeo cassete. E pasme! Você tinha que rebobinar a fita para devolver, se não era multa no seu cadastro!

No começo dos anos 2000 começou a transição das fitas VHS para o DVD. Isso foi auge! Eram compactos, modernos e todos queriam. Depois veio o Blue Ray que conquistou o público, mas os mais antenados observavam aí que um novo produto não teria mais mercado.

Em meados de 2011 surgiram as plataformas de streaming no Brasil, para terminar de acabar com as locadoras que foram vendo seu público ir embora e caminhar para o fim.

Como um problema com uma locadora originou a Netflix

As vezes pensamos que algum modelo de negócio não tem substituto ou ainda, que nada pode ser mudado, mas não foi isso que pensou o Reed Hastings , fundador da Netflix, que se tornou a mais popular plataforma de filmes on-line.

A mais de 20 anos, Reed teve que pagar uma multa de U$40,00, por atraso na devolução de um filme na locadora Blockbuster, e foi aí que surgiu a ideia de alugar filmes, entregar pelo correio sem data para devolução, pois o cliente pagaria uma mensalidade. Não deu certo.

Em 2005 voltaram com modelo de mensalidade, mas agora os filmes eram on-line. Bingo!

Como não ser engolido pela tecnologia?

Hoje olhamos as plataformas streaming e podemos pensar que não tem mais o que ser inventado mas, lembre que na época das locadoras também parecia que era aquilo e pronto. Então, não dá para dormir no ponto quando se trata de tecnologia.

Uma equipe de TI engajada, um departamento de pesquisa de olho nas tendências, são formas de se antecipar e conseguir virar o jogo antes de ser engolido.

Conte com a Infocomm TI para se antecipar e esteja no futuro hoje!

Fale com um de nossos especialistas (41) 99915-6580




%d blogueiros gostam disto: